Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

11º VIDEORUN Restart | Festival Curtas Vila do Conde | 2 a 4 de Julho

 

 

O VideoRun Restart consiste numa maratona de 48 horas, aberta a nível nacional, em que cada equipa, munida de uma câmara de vídeo digital, tem de fazer captação e edição de uma curta de duração máxima de 3 minutos.

O conceito é simples: durante 24 horas, os video-runners captarão imagens relativas ao tema obrigatório com sua câmara mini-dv; nas 24 horas seguintes, os concorrentes procederão à edição dos trabalhos num espaço no Teatro Municipal Neiva em Vila do Conde.
Os concorrentes participam em equipas (de dois a cinco elementos) e no final terão de apresentar um filme com duração não superior a 3 minutos, de qualquer género: experimental, documentário, ficção, videoclip ou outro.

A temática do VideoRun só será divulgada aos concorrentes no próprio dia. Nas edições anteriores foram propostos temas como: “Cidade em Movimento”, “Orgânico” ou "Labirinto".

Esta iniciativa vai decorrer a partir das 18h30 do dia 2 de Julho (sexta) até às 18h30 do dia 4 de Julho (domingo) de 2010, em Vila do Conde.

O VideoRun Restart tem como objectivos principais potenciar a realização em vídeo digital, estimulando a criatividade dos autores a partir de uma temática pré-definida e promover novos autores.

Na sua 11ª edição a Restart associa-se novamente ao Festival de Curtas de Vila do Conde para a realização de mais uma VideoRun.

Os filmes VideoRun das anteriores edições foram seleccionados para festivais na Alemanha, Brasil, México, França, República Checa e Singapura.

Esta é iniciativa organizada pela Restart – Instituto de Criatividade, Artes e Novas Tecnologias em parceria com o Festival de Curtas Vila do Conde.

Inscrições Abertas até 29 de Junho.

Valor das Inscrições
- 25€ / pessoa (com oferta da acreditação para o festival que garante o acesso a todas as sessões do Festival)
- 7,5€ / pessoa (sem acreditação para o festival)

Downloads
Regulamento
Inscrições

Mais Info
Festival Curtas de Vila do Conde

Workshop | DESIGN DE STANDS com PEDRO CATARINO | 3, 4 e 10 de Julho

 


O principal objectivo deste workshop é dotar os participantes de conhecimentos teóricos e práticos sobre o projecto de um espaço expositivo.
Recorrendo a software especializado de modelação tridimensional,abordar-se-ão as várias fases desde o briefing à desmontagem, passando por análise de case studies.

Dirigido a estudantes e profissionais das àreas design, artes visuais, Arquitectura ou outras relacionadas, este workshop permitirá sensibilizar e analisar as várias componentes do projecto de um stand, através de vários módulos sequenciais.


Módulo 1
Introdução ao espaço expositivo
– variáveis e condicionantes.

Módulo 2
Análise de um programa
- como decidir o que expor e como expor.

Módulo 3
As Fases do projecto
‐ da identificação do perfil do cliente ao followup, passando pelo briefing, conceito e restantes fases.

Módulo 4
Formulação da proposta criativa
– técnicas e formas de apresentação.

Módulo 5
Para além do espaço expositivo
– o evento temporal, newbusiness e fidelização do cliente.

Módulo 6
Tendências para espaços expositivos
– visualização de case studies e análise de propostas actuais.

Módulo 7
Projecto prático de criação de um stand, tendo como base um briefing existente.



FORMADOR
Pedro Catarino
Formado em Design Industrial e pós‐graduado em Comunicação e Imagem pelo IADE. O seu percurso profissional permitiu‐lhe adquirir conhecimentos e competências em diversas áreas, sendo a polivalência uma das suas características mais evidentes. Desenvolveu projectos de Design de Interiores para a Ligne Roset Portugal e para a Paradoxe. Foi Designer Industrial/Interiores no El Corte Inglés, e posteriormente em várias agências, onde desempenhou funções com Designer Sénior e como Coordenador de Design. Desde sempre que projecta espaços para exposições, tendo inclusive recebido um prémio para melhor stand da FIL.Actualmente, concilia a actividade de formador com o trabalho como Designer, desenvolvendo projectos para várias agências e marcas.


EQUIPAMENTO
Sala com 16 PC multimédia e projector. Software: Photoshop, Illustrator, 3D Studio Max.

ADMISSÃO
Preferencialmente para formandos relacionados com as áreas das Artes Visuais, Design e Arquitectura, que possuam acesso a Internet e software de computação gráfica/artística (ex.:Photoshop/Illustrator/3D Studio e outros similares) e cujas ambições sejam ampliar os conhecimentos e soluções técnicas e criativas, bem como a entrada no mercado.

LINKS
Coroflot
http://www.coroflot.com

Apresentação de um stand da BMW
http://www.youtube.com

Finesse group
http://www.finessegroup.com


HORÁRIO
10:00 - 13:00 / 14:00 - 19:00
(24 horas)

VAGAS
16 Participantes
(mínimo 10)

PREÇO
Inscrição: 50 €
Geral: +170 €

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(ofertas e descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até à primeira semana antes do início

WORKSHOP PRODUÇÃO de TEATRO E MUSICAIS| Formador FERNANDO PINHO | 26 E 27 DE JUNHO

 

A Restart vai realizar nos próximos dias 26 e 27 de Junho um Workshop de Produção de Teatro e Musicais com formação a cargo de Fernando Pinho.


A um dos participantes neste workshop, será oferecido um estágio de uma semana num espectáculo produzido por Fernando Pinho durante os próximos 12 meses. O participante poderá ainda optar por fazer o estágio num dos  espectáculos em Inglaterra (custos de deslocação e alojamento nao incluídos na oferta).

 


Fernando Pinho iniciou a sua carreira como Senior Project Manager no grupo Sonae.com em 1998. Em 2006 mudou-se para Londres onde tirou uma Licenciatura em Stage Management e Technical Theatre na conceituada "Guildhall School of Music and Drama". Fez parte da equipa de direcção de cena da Royal Opera House.

 

Actualmente é produtor em Londres onde desenvolve produções internacionais em Teatro Musical.  Estreou recentemente o musical "The Last Five Years" e após a noite de estreia foi imediatamente convidado para produzir o mesmo espectáculo no maior centro cultural da Europa - Barbican Centre. Fernando Pinho é membro da Independent Theatre Council (ITC), que reúne todos os produtores teatrais Britânicos.

 

Este ano foi vencedor do Deutsche Bank Award 2010 no Reino Unido. O prémio atribuído pelo prestigiado banco reconhece o caracter inovador e empreendedor do projecto que Fernando Pinho desenvolve actualmente na criação de produções teatrais em meios rurais no Reino Unido. Foi também reconhecida a importância dos projectos de produções teatrais internacionais que visa o desenvolvimento de novos modelos de produção em países como Portugal e Espanha.

Recentemente foi considerado pelo Presidente da Republica como uma das 30 personalidades que mais se distinguiram em 2009/10 - http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=37164

 

OBJECTIVOS

Com uma abordagem bastante pratica, este workshop tem como objectivos permitir aos participantes obterem conhecimentos básicos sobre produção de espectáculos (com maior ênfase em Teatro Musical e tours internacionais). No final do workshop, os participantes estarão aptos a identificar todas as fases de produção bem como ter uma visão mais abrangente sobre formas inovadoras de financiamento e montagem financeira.

 

PÚBLICO ALVO

Estudantes ou profissionais com formação/conhecimentos mínimos em espectáculos/eventos, ou ainda em outras áreas de produção, gestão, comunicação ou marketing.

 

CONTEÚDOS

 

Introdução à produção comercial - modelo de produção Britânico vs Português.
- O papel do produtor
- Co-produções
- Negociação e aquisição de direitos de autor internacionais e royalties
- Equipa criativa, casting e equipa técnica
- Fundrasing - o fim do modelo de subsidio e as novas formas de financiamento e montagem financeira.
- Scheduling de produção e de tour
- Novas formas de publicidade e divulgação
- Gestao e controlo de receitas
- Negociação de contratos
- Modelo económico de uma tour internacional.
- Booking de uma tour
- Exercícios práticos de produção


FORMADOR

 

Pedro Catarino

 

Fernando Pinho iniciou a sua carreira como Senior Project Manager no grupo Sonae.com em 1998. Em 2006 mudou se para Londres onde se licenciou em Stage Management e Technical Theatre na conceituada Guildhall School of Music and Drama. Fez parte da equipa de dire-cção de cena da Royal Opera House. Actual- mente é Produtor em Londres onde desenvolve produções internacionais em Teatro Musical.  Estreou recentemente o musical "The Last Five Years" e após a noite de estreia foi imediatamente convidado para produzir o mesmo es-pectáculo no maior centro cultural da Europa - Barbican Centre. Fernando Pinho é membro da Independent Theatre Council (ITC), que reúne todos os produtores teatrais Britânicos.


EQUIPAMENTO

 

Sala com 16 PC multimédia e projector.

 

ADMISSÃO

 

Preferencialmente para formandos e profissionais relacionados com as áreas da produção musical, eventos ou outros. Conhecimentos mínimos de informática e inglês.

 

LINKS

 

Coroflot
www.barbican.org.uk/theatre/event-detail.asp?ID=10454

 

HORÁRIO

 

10:00 - 13:00 / 14:00 - 19:00
(24 horas)

 

VAGAS

 

16 Participantes
(mínimo 10)

 

PREÇO

 

Inscrição: 50 €
Geral: +100 €

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até à primeira semana antes do início

Diz que é já na próxima semana



WORKSHOP
CAPTAÇÃO DE SOM PARA INSTRUMENTOS MUSICAIS
Formador | JOSÉ FORTES
26 e 27 de Junho

 

OBJECTIVOS
Reflectir sobre o entendimento do microfone, não só enquanto instrumento de captação mas também como peça de criação sonora. Os papeis possíveis no desempenho de uma boa gravação. Operação de várias técnicas de captação de som e análise crítica das mesmas, atendendo em especial a factores de natureza acústica – relação espaço-microfone.

 

PÚBLICO ALVO
Profissionais e estudantes avançados de som com conhecimentos mínimos da operacionalidade de captação, interessados em averiguar e questionar os modelos dominantes.

 

CONTEÚDOS GERAIS

1º dia_manhã

Como vejo o som
> O meu início
> A evolução
> Os meus conceitos
> As salas e as acústicas
> Como trabalho
> Debate de ideias



1º dia_tarde

A captação de som (um músico)
> Os vários processos de captação
- Qualidade, dinâmica e espaço
- Os microfones
- Os formatos de captação



2º dia_manhã
O produto final
>Mistura acústica e mistura eléctrica
- Qualidade, dinâmica e espaço
- Como ouvem os diversos formatos de captação estéreo.
- Audição de vários formatos de captação e mistura
- Debate de ideias

2º dia_tarde
Manipulação do som
> Captação estéreo e multipista
- Vantagens e desvantagens
- Mistura e masterização

 

FORMADOR
José Fortes
Técnico de referência no panorama discográfico nacional, responsável por uma parte considerável da discografia editada em Portugal, José Fortes assume-se acima de tudo, como um técnico de captação de som. Dando especial ênfase aos aspectos de captação na definição do “som” de um disco, prefere a morosidade de uma boa localização de microfones à multiplicidade de opções de processamento e privilegia o processo de escuta em detrimento do processo de masterização. Segundo palavras suas, o som faz-se na captação, utilizando para tal, o microfone e acima de tudo, o ouvido. De entre o seu quase interminável percurso, destacam-se os trabalhos no AngelStudio, Rádio Triunfo, Edipim, Estúdios Valentim de Carvalho, Fortes & Rangel, sem esquecer os longínquos trabalhos com Michel Giacometti entre 61 e 64, e os “Discos Orfeu” entre 58 e 64! Gravou um inquantificável número de autores nacionais e internacionais, de entre os quais podemos destacar de forma quase aleatória, os nomes de Olga Pratz, José Peixoto, Júlio Pereira, José Mário Branco, Fausto, Fernando Tordo, Paulo de Carvalho, Rui Veloso, Taxi, Heróis do Mar, UHF, Trabalhadores do Comércio, Mão Morta, Paulo Amorim, Elsa Saque, Carlos do Carmo, José Afonso, Vitorino, Luis Cília, Pedro Burmester, Carlos Paredes, Anabela Chaves, António Pinho Vargas, Irene Lima, Abel Pereira, Artur Pizarro, Hilliard Ensemble, assim como a Orquestra do Norte, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Norte, Orquestra das Beiras, Orquestra do Teatro Nacional de S. Carlos, Orquestra Clássica da Madeira, etc, etc.


HORÁRIO
10:00 - 13:00 / 14:00 - 19:00
(16 horas)

VAGAS
12 Participantes
(mínimo 8)


PREÇO
Inscrições 50€
Geral +100€

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até à primeira semana antes do início

Mais info em aqui

Apresentação ROLAND _ na RESTART 22 de JUNHO_17:30

 

No próximo dia 22 de Junho,Terça-Feira, pelas 17:00 vai decorrer na Restart, uma apresentação da Roland.

 

Não percas o Roland Audiovisual Roadshow, da Roland Systems Group, onde serão apresentadas as novidades para o 2º Semestre de 2010, entre os produtos já presentes no mercado.

Ficaremos, desde já, a contar com a tua presença.

Workshop DIRECÇÃO DE ACTORES para Cinema e Televisão | Formador : Jorge Queiroga | 26, 27 de Junho e 3 e 4 de Julho

 

 

OBJECTIVOS
Desenvolver capacidades e competências para interpretação frente à câmara. A relação com o espaço, com a câmara e com o realizador. Noções básicas sobre câmara e enquadramento e adaptação do actor a estes elementos.

PÚBLICO ALVO
Estudantes e profissionais das áreas da Realização e da Interpretação.

 

CONTEÚDOS

Preparação para um casting.
Desenvolvimento do personagem de acordo com os objectivos do argumento.
Preparação do trabalho do actor à rodagem de sequências desordenadas (não-cronológicas).
Prática de marcação de cenas, com câmara.
Percepção do corpo, movimento e gestos do actor captados por uma câmara. Na rodagem, trabalhar a gestão das várias circunstâncias de uma cena, em benefício do personagem.
Noções básicas de realização que permitam ao actor entender a abordagem do realizador em determinada cena.

 

 

 

FORMADOR
José Queiroga
Filmografia como Realizador:
Longas-metragens: “Atrás das Nuvens” (2007) e “A Vida Privada de Salazar” (2008).
Curtas-metragens: “A Viagem” (1993) e “Part-Time” (2002).
Telefilme: “Amor Perdido” (2000)
Documentários: “Cinema Português - Da Invicta ao Sonoro” (1996), “Cinema Português – Novo Cinema, Cinema Novo” (1999), “Guerra Colonial – A Terceira Frente” (2001) e “Guerra Colonial – Índia – Vitória ou Morte” (2002).
Desde 1993, tem realizado diversas séries televisivas de ficção; “Neco, a minha família é uma Animação”, “Fura Vidas”, “Malucos do Riso”, “Conta-me Como Foi”, entre outras.

 

 

EQUIPAMENTO
Material de câmara e som para captação, com monitor para visionamento e possibilidade de projecção.

ADMISSÃO
Experiência mínima com câmaras profissionais de vídeo.

HORÁRIO
10:00 - 13:00 / 14:00 - 17:00
(24 horas)

VAGAS
16 Participantes
(mínimo 10)

PREÇO
Inscrição: 50 €
Geral: +170 €

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)

Já este fim de semana....

Vão decorrer vários workshops durante este fim de semana:


Workshop Roadies com formação de Nuno Cruz
Workshop Pós-Produção Audio para Cinema e Vídeo com formação de Miguel Sotto Mayor

Workshop de Realidade Aumentada com formação de Tiago Bilou
Workshop de Branding com formação de Ricardo Miranda e Nicolas Grassi



As inscrições estão abertas. Já fizeste a tua?